Depoimento

Por Lucas, namorado da Andressa

depoimento-lucas-namorado-da-andressa

O amor em palavras

“Neste ano vamos completar dois anos de namoro; mesmo com todas as nossas diferenças, brigas, sendo completamente opostos na maioria das coisas, ela é o grande amor da minha vida, sem a menor dúvida, e hoje eu entendo que os opostos se atraem e entendo e sinto o que é amar e ser amado por alguém.”

Tudo começou no ensino médio, eu era aluno novo na sala e mal conhecia a galera que já estava junto havia anos. Logo no primeiro dia, eu a vi, parecia aquelas cenas de filmes que o cara fica paralisado, sabe? Fiquei até sem jeito, pensando que alguém tinha me visto “babando” por ela, mas logo de primeira impressão, eu vi que ela era muito, mas muito para mim, era “muita areia para o meu caminhãozinho”. O tempo foi passando, fui me aproximando mais dos amigos dela, mas nunca fui falar diretamente com ela, a minha vergonha sempre falava mais alto. Enfim eu tomei coragem e fui tentar falar com ela, qualquer coisa, e no momento eu precisava do dever de geografia, e adivinha quem tinha feito? Sim, ela estava com o dever feito, era o momento para pelo menos falar algo e tentar ser amigo. Lá vou eu, Lucas, todo sorridente, alegre, e quando chega a hora, eu esperava que pelo menos ela fosse um pouco mais simpática; ela me mandou um “não” logo de cara, e eu fiquei muito sem graça, mas muito sem graça mesmo; isso pode ser bobeira para alguns, “ela só negou emprestar o dever”, mas vocês não têm ideia do clima que ficou no momento. Desde então, eu fiquei muito chateado com tudo isso, e falei para mim mesmo: “Essa menina é muito grossa, onde já se viu isso? Era só um dever…” Dali em diante, eu evitava ao máximo pensar nela e nem cogitava a possibilidade de falar com ela de novo. No começo de agosto, logo depois da copa no Brasil, no início das aulas, estávamos eu e meus amigos conversando, quando um deles propôs: “vamos sentar no lugar das meninas, elas vão ficar muito bravas“; fui logo no lugar da “senhora simpatia”, para plantar a semente do mal e brigar com ela, pois o amor tinha passado para ódio, vocês não têm noção. Não muito tempo depois, ela entrou na sala; eu já estava preparado para falar, fazer um “auê” daqueles, mas quando ela passou por mim, sorriu e falou “tudo bem“. Se o amor tinha passado para o ódio, aquele sorriso me levou para o amor de novo. Lembram daquela cena em que fiquei “babando” por ela no primeiro dia? Pois é, ela se repetiu, mas não esperei muito e fui falar com ela, que, para minha surpresa, foi um amor de pessoa. Dali em diante, conversávamos todos os dias, toda hora, e nunca acabava o assunto, era impressionante. E cada dia mais nós fomos ficando mais juntos, ela já sabia que eu gostava dela, mas eu mal sabia que ela gostava de mim, ela era muito mistério, e eu não queria tomar decisões precipitadas e acabar perdendo sua companhia. Eu lembro como se tivesse sido ontem, o nosso primeiro beijo, no dia 5 de setembro de 2014; sim, eu sou um menino e consigo guardar as datas. Voltando para o beijo, foi uma das coisas mais engraçadas que já aconteceu comigo. Estávamos em uma roda com uns 15 amigos, na hora da saída, e, na hora de me despedir, um amigo ficou me falando “estou decepcionado com você”, porque eu ainda não tinha beijado a garota; então eu fui me despedir dela e a deixei no vácuo, de brincadeira, e fui dar tchau para todo mundo; quando cheguei nela, ela foi falar, aí fui para trás e olhei para ela; foi nessa hora que a vida parou, eu só fechei os olhos e dei um selinho, e graças ao bom Deus ela foi também. A vergonha foi tão grande que um não conseguia olhar para o outro, e logo fomos embora. E eu só fui pedi-la em namoro um mês depois… é, eu demorei bastante, foi no dia 4 de outubro; acho que eu nunca gaguejei tanto na minha vida, mas, com toda certeza, foi o melhor “sim” que eu já ouvi em toda a minha vida.

Por Lucas, namorado da Andressa

2 Comentários
  • Gabriely Oliveira disse:

    Estou orgulhosa desse moço?! Sim ou claro ?!
    Por mais amores como esse. O mundo precisa disso, seus lindos.
    Continuem assim!!!

    Desejo tudo de melhor para o casal, e claro que não pode faltar aquele “FELIZES PARA SEMPRE”! 💜

  • Andressa disse:

    Essa pessoa que escreveu esse texto é uma das melhores pessoas que conheci!! Eu amo muito e é o homem da minha vida sim!!! <3

DEIXE UM COMENTÁRIO

*

*