graduacao-entre-o-sonho-e-a-realidade

Graduação: entre o sonho e a realidade

O final do Ensino Médio é marcado por acúmulo de compromissos e pela necessidade de escolha da carreira profissional e do curso superior. É importante considerar a graduação como etapa da formação que também prepara para a vida.

Para os que iniciaram o último ano do Ensino Médio em 2017, este é o momento de definições sobre o futuro: a carreira profissional, o curso de graduação.

Entre os sonhos, a vontade dos pais e as carreiras promissoras, muitas vezes há longas distâncias, e é preciso administrar tensões e conflitos. É comum que os pais atuem como conselheiros, e essa experiência é positiva quando os pais conhecem bem as competências e habilidades do filho, ajudando-o a se encaminhar para escolhas que o farão mais feliz. Por outro lado, orientar os filhos para que escolham áreas que oferecem chances reais de sucesso, bom retorno financeiro ou que atendem os sonhos dos pais pode provocar a frustração dos jovens, que não têm suas particularidades levadas em conta.
É importante que o jovem converse com seus pais, seja apoiado, ouça as orientações, mas a decisão sobre a graduação deve estar sustentada na vontade própria, em seus interesses e habilidades. O jovem deve argumentar, expor as razões de sua escolha, demonstrando maturidade e determinação.

A graduação encaminha o futuro profissional, mas a escolha acertada do curso é importante também porque esse período da formação promove experiências e desenvolve competências para a vida.
Acompanhe abaixo.

Da teoria à prática
Muito mais do que o conteúdo teórico apresentado em sala de aula, o ensino superior insere o estudante na prática, por meio de atividades orientadas, pesquisas, ações.

Profissionais experientes
Os docentes são profissionais experientes, que trazem muitas experiências da atuação no mercado de trabalho da área, além da experiência acadêmica.

Troca de conhecimento
Idades, opiniões, histórias, interesses e assuntos diferentes serão percebidos o tempo todo no ambiente da graduação, que possibilita uma rica troca de conhecimentos.

Amadurecimento
O ingresso na graduação é um dos principais marcos do início da vida adulta. Novas responsabilidades surgem, assim como uma rotina completamente diferente da anterior, com novas e diversas experiências.

Um novo mundo
Assim que tem início essa nova etapa da formação, a visão de mundo tende a se alterar.
Lidar com pessoas diferentes, conteúdos específicos da área escolhida e novos afazeres promovem o amadurecimento e a autoconfiança, necessários ao enfrentamento dos próximos desafios, como a entrada no mercado de trabalho e a construção de uma carreira de sucesso.

Segundo o professor João Antônio de Vasconcellos, Diretor Acadêmico do Centro Universitário Padre Anchieta, “no mundo moderno, com um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, é fundamental se ter um curso superior. A escolha deste curso deve levar em consideração o gosto e a aptidão pela profissão a ser exercida. Só assim é possível tornar-se um profissional competente e realizado. O ensino superior tem como pressuposto fundamental formar o profissional cidadão, capaz de contribuir para a melhoria da sociedade em que vive e de modificá-la quando necessário, para melhor viver e sentir-se feliz. Dada a competitividade já apontada, as aspirações de nossos jovens estão extrapolando a frequência aos cursos superiores (bacharelados, licenciatura e tecnólogos), galgando patamares mais altos na pós-graduação, para maior aperfeiçoamento e consequente competência”.

2 Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

*

*