vida-financeira-na-faculdade

Vida financeira na faculdade: como encará-la?

Confira as dicas de Marino Mazzei, economista e professor do UniAnchieta, e comece o semestre no azul.

Muitos têm a chance de ter contato com questões financeiras desde pequenos, seja pelo recebimento e administração de uma mesada, seja pelo costume da família de envolver a criança nas conversas.

Para outros, o ingresso nos estudos em nível superior pode ser a primeira ocasião em que começam a ter contato com algum controle financeiro.
De um simples gasto com xérox na faculdade a uma despesa em seu nome, os universitários precisam contar com uma boa organização financeira, ainda mais quando o volume de dinheiro que entra é reduzido. Fazer um bom planejamento financeiro pode ser essencial para garantir a sequência dos estudos.
Reunimos algumas dicas do professor Marino Mazzei para que o orçamento do estudante universitário não fique no vermelho.

Confira:
Planeje todos os seus gastos: inclua tudo em seu orçamento, desde o salgado da cantina da faculdade até uma roupa nova. Crie uma planilha, considere as suas fontes de renda e anote todas as suas despesas. Com base nessa planilha, você irá enxergar sua real situação financeira e caso queira fazer algum investimento mais alto, será possível programá-lo.

Monitore sua planilha: se você possui uma fonte extra de recursos financeiros, com exceção do seu salário, inclua em sua planilha. É necessário apontar se a receita extra ocorre em todos os meses ou esporadicamente. Com base nos valores que entram e saem, você consegue ter uma noção fiel da sua situação econômica.

Não compre o que não precisa: com certeza, a dica mais difícil de seguir, e, por mais óbvio que pareça, vale a pena insistir: na situação de compra, lembrese de se perguntar se precisa realmente daquele produto ou serviço.

DEIXE UM COMENTÁRIO

*

*